Entenda o processo de soldagem termoplásticos por ultrassom

Esse processamento de soldagem termoplástico é “energia sônica”, em freqüência de 20.000 ciclos por segundo (20Khz) transmitida através de uma série de hastes metálicas (comumente chamadas de sonotrodos ou ferramentas), que são fabricadas em ligas de titânio ou duralumínio com características acústicas especiais, e calibradas (sintonizadas) em sua freqüência típica de ressonância, a fim de se conseguir uma amplitude de vibração adequada para o processamento.

A face do sonotrodo vibra no sentido axial em uma amplitude nunca maior que 0,25 mm, e essa é a energia útil aplicada à peça termoplástica a ser processada.

A energia ultra-sônica em forma de vibrações mecânicas é transferida sob pressão da face do sonotrodo para a peça gerando atrito e calor na interface, causando a fusão dos plásticos e pode ser aproveitada para aplicações como: soldagem, rebitagem, soldagem a ponto, inserção de buchas metálicas, rebordagem, corte e costura de tecidos sintéticos e TNT.

Máquina de solda por ultrassom, sonotrodo, termoplástico, solda plástica com tecnologia avançada em transformador de solda.